Você já conhece a terapia capilar? Ela é muito mais do que um tratamento estético que visa a melhoria visual dos fios. A terapia é também muito importante para manutenção da saúde de toda estrutura capilar, desde a prevenção e o combate de doenças ligadas ao couro cabeludo, por exemplo.

A terapia capilar pode gerar a ativação sanguínea do couro cabeludo, aumenta a permeação de ativos, realiza a limpeza profunda do couro e dos fios, desobstrui o bulbo capilar e viabiliza a ação antifúngica e antibacteriana. Evitando e tratando males como a alopecia, tricotilomania, caspas e seborreia e outras disfunções ligadas à desidratação, ressecamento, má formação e falta de crescimento.

Especialistas afirmam que esse procedimento, quando procurado no período correto, pode por exemplo evitar a calvície aguda, que é um dos motivos que mais geram a procura desse tratamento. Em homens, os primeiros sinais da queda dos fios surgem aos 15 anos e vão se aprofundando até os 25. Durante esse tempo, ela pode facilitar a identificação do tratamento mais adequado e desempenhar a favor do fortalecimento dos fios, prevenindo e até curando a alopecia, que atinge em maior ou menor grau, metade da população masculina.

Já o público feminino busca a terapia capilar, em sua grande maioria, para restaurar a vitalidade dos cabelos, que em diversos casos são danificados por tratamentos químicos como tinturas e alisamentos, que são bem populares no Brasil.

Mas para adquirir os resultados esperados, é necessário um grande empenho. Esse processo é geralmente realizado em algumas etapas, que podem ser dividas em semanas ou quinzenas. A partir da iniciação do tratamento, é essencial manter a regularidade das sessões para evitar, entre outros fatores, que a saúde dos fios e de toda estrutura capilar seja prejudicada. O tempo e o tipo de tratamento só são estabelecidos após a primeira avaliação, que é feita com o auxílio de um aparelho que permite a visualização aproximada em até 300 vezes do fio e do folículo, o que possibilita detectar com maior facilidade as causas dos problemas, indicando o tratamento adequado.

Fato é que a terapia capilar é indicada para todo tipo de cabelo, independente se você sofre ou não com qualquer problema relacionado aos fios ou ao couro cabeludo. Esse tipo de tratamento, além de preventivo, serve também para trazer a sensação de relaxamento e bem-estar, que são fundamentais na manutenção de sua saúde capilar. Esses resultados já são sentidos nas primeiras sessões, trazendo benefícios que vão muito além da estética.